TÍTULO OUTORGADO EM 11/08/2010.
BLOG ATIVADO EM 28/11/2010.

O BRASÃO - Reg FBN 599.441

DESCRIÇÃO DO BRASÃO

**TOP BANNER: O Título Honorífico ► Barão de Burity ◄

**Encimando o ELM:

• ► O Pelicano ◄– indicando o amor e a caridade ao próximo.

**CHEST:

•► Um buritizeiro ◄ – em alusão à genealogia do nome.

•►Uma ampulheta ◄ – em alusão ao tempo que voa e a vida humana que se escoa, semelhante ao cair da areia.

•► Uma âncora ◄ – como emblema de uma esperança bem fundamentada e de uma vida bem empregada.

** BOTTON BANNER – a expressão latina Nulla dies sine linca ◄ – lema de Plínio – Representativa da vontade para que não se passe um dia sem escrever alguma coisa.

*AS CORES

Branca e vermelha

• ► Branca ◄ – em alusão ao triunfo dos eleitos e dos anjos.

• ► Vermelha ◄ em alusão ao zelo.

►◄►►◄►◄◄►◄

(Idealizado pelo condecorado)



Um brasão (brasão de armas ou cota de armas), na tradição européia, é um desenho especificamente criado - com a finalidade de identificar indivíduos, famílias, clãs, cidades, regiões ou nações.

►◄►►◄►◄◄►◄

A partir do século XIX, com a ascensão ao Poder da Burguesia e o declínio da Aristocracia, o Brasão foi perdendo a sua importância.

►◄►►◄►◄◄►◄
CRÉDITO DE IMAGENS.
Algumas obtidas na internet e alteradas com programa de edição de imagem.
Visualizar

A vida é uma jornada interessante, você nunca sabe onde ela te leva. Tropeços e valores. Reviravoltas. Você fica surpreso com sua vida. Às vezes, no caminho que você está seguindo, você pode pensar: "Este é o pior momento da minha vida".
Mas quer saber ? No final do caminho, das diversidades mais difíceis, para você conseguir o que você quer ser, você se lembra que o que não te mata o torna mais forte. E agora as diversidades não importam. Na espera para atingir o topo
você faz qualquer coisa. Mais alto que você queira que a tua vida esteja, mais alto você tem que ir. Sim, é meu dilema ! O que você tem que fazer para chegar mais longe em sua vida, é começar a olhar para o que você tem e agradecer o que você conseguir. Faça isso ! A vida é uma jornada, não um aleatório destino.
Ontem egresso da Baixada Fluminense... Um ex-Marujo... Hoje, de bem como a vida - acordado e energizado - acima de tudo agradecido a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens. Quem renega as suas origens, nega a si mesmo.

Visualizar

CURRENT MOON

Palavras de Nelson Madela

Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião.
Para odiar, as pessoas precisam aprender e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.

►◄►►◄►◄◄►◄

Palavras de C. Chanel

"O mais corajoso dos atos é ainda pensar com a própria cabeça."

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

PRAZER DE ESCREVER

osto da vida rural. Mas a  metrópole oferece "melhores" condições físicas e geográficas à minha sobrevivência.
 
rocuro viver longe e isento de preconceitos que a vida nas grandes cidades impõe.

o mundo atual o dinheiro é tido como medida de todas as coisas.

 vida e a esperança, para mim, ainda, não se esgotaram. 
   
á tive medo de fracassar e fracassei. Na atualidade o meu medo é diferente... Encontrei que no meu inconsciente existe em atividade, relevante ou não, aplicável ou não,
a égide absoluta do ser que sou e a capacidade de resistir à irreversível
fragilidade que a marcha inexorável dos anos impõe...
 
 ontinuo a manter a Fé e aprimorando a capacidade de resistir na trincheira dos sonhos... Mudanças, ainda, acontecem...
Evoluo. Sim! Enquanto há vida tudo é possível aos fortes e fracos.
 
 ão peçam para explicar minhas palavras. Por favor, entendam não tenho formação
em psicologia e nem filosofia.
Simplesmente, nos encontros, desencontros e devaneios
deixo-me transitar...

ão entendam minhas palavras como suposições que me conduzam pela trilha do desespero ou no trafegar pelos tortuosos caminhos do livre arbítrio.
Livre arbítrio que de livre nada tem.
 

eu Deus! A sirene da falência da matéria que compõe o meu corpo tocou é hora de agradecer  a ELE por tudo que tenho e sou.
Afinal, um fortuito olhar para o lado ou para trás ficarei estupefato  com o que visualizarei...
 
screver é como vasculhar no velho baú (consciente)  num ir e vir de sentimentos e encantos onde nos apropriamos (inconscientemente)
de nossas inventividades oriundas do prazer de escrever.